Connect with us

Luto

Corpo do jornalista Siona Casimiro chega hoje ao país

Published

on

A urna contendo o cadáver do jornalista Siona Bole Casimiro Watulanta, falecido a 9 deste mês, em França, vítima de doença, chega esta manhã a Luanda, garantiu um membro da família.

Depois da chegada da urna, no Aeroporto 4 de Fevereiro, por volta das 6h, o corpo do jornalista segue para a sua residência, no bairro Lar do Patriota. Às 17h decorre uma celebração religiosa, no Centro Santa Teresinha de Jesus (Igreja Católica), onde acontecerá o velório e as homenagens de familiares, classe jornalística, instituições públicas e privadas, entidades políticas, sociedade civil, fiéis, amigos de trajectória e vizinhos.

Para amanhã, de acordo com o programa das exéquias, no mesmo espaço, sito no Patriota, está prevista a realização, entre 1h e 8h, da missa de corpo presente, onde vai ser lida a biografia do malogrado, mensagem da família, da Rádio Ecclésia e grupo Legião de Maria, de que fazia parte.

De acordo com o programa das exéquias, o funeral de Siona Casimiro acontece na quarta-feira, no Cemitério do Benfica. Antes, far-se-á a leitura das mensagens da Comissão de Carteira e Ética, do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, Misa-Angola, partido MPLA, dos filhos e do jornalista Reginaldo Silva.