Connect with us

Mundo

Continuam desaparecidas 12 crianças numa gruta na Tailândia

Published

on

Há oito dias que 12 crianças, com idades entre os 11 e os 16 anos, e um adulto de 25 anos estão desaparecidos numa gruta no Norte da Tailândia. O alerta foi dado no dia 23 de junho, mas as condições climatéricas de muita chuva e temporal, que provocaram a inundação dos estreitos canais da gruta da gruta do parque natural Tham Luang-Khun Nam Nang Non, e que terão sido responsáveis pelo encarceramento da equipa de futebol juvenil e do seu treinador, também impediram o progresso rápido das operações de busca.

Apesar do desaparecimento ter ocorrido há já oito dias, as autoridades alimentam a esperança de encontrar o grupo de crianças e o adulto com vida. A crença é de que estarão encarcerados numa cavidade central, que incluiu uma pequena ilha onde poderão ter procurado refúgio da subida das águas.

Todavia, este domingo, as autoridades tailandesas fizeram saber que estão a apenas um quilómetro da gruta central onde os menores e o seu mentor foram dados como desaparecidos. A melhoria das condições atmosféricas está a ajudar às operações. De acordo com as autoridades, os desaparecidos estariam a realizar um treino no momento em que a gruta começou a inundar.

Nesse dia, sábado da semana passada, um dos guardas da gruta notou a existência de várias bicicletas à entrada do parque e deu por falta do grupo de crianças, já depois do horário de encerramento do mesmo. No percurso até à gruta central, em cavidades de menor dimensão, e à medida que o percurso se vai tornando cada vez mais estreito e mais escorregadio, foram sendo encontrados objetos pessoais dos desaparecidos, incluindo mochilas e calçado.

Desde então, 1300 pessoas têm estado envolvidas nas missões de busca e resgate das crianças e do seu treinador. Incluindo soldados norte-americanos e mergulhadores britânicos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas