Connect with us

Politica

Congresso que vai eleger novo presidente da UNITA acontece em Dezembro

Published

on

O principal partido da oposição angolana, UNITA, anunciou ontem, que o seu XIII Congresso, em que será escolhido um novo líder para o partido, será realizado de 2 a 4 de Dezembro próximo.

A decisão foi tomada ontem na primeira reunião extraordinária da comissão política da União Nacional para Independência Total de Angola (UNITA), o órgão deliberativo mais importante entre congressos e anunciada por Clarice Caputo.

Da agenda da reunião da comissão política constaram vários pontos, incluindo a análise do contexto político, tendo em conta as implicações do acórdão 700/2021 do Tribunal Constitucional e ratificação de vários atos do partido, tais como a interpretação dada ao acórdão e a transição de pastas entre Adalberto Costa Júnior e Isaías Samakuva, eleito no XII Congresso, que reassume a presidência até à tomada de posse do novo presidente, a ser eleito no XIII Congresso.

A necessidade de realização de um novo Congresso foi aprovada com 222 votos favoráveis, um voto contra e 11 abstenções.

A I reunião extraordinária da Comissão Política rejeitou também “a intromissão do Tribunal Constitucional na gestão da vida interna do partido, cuja autonomia lhe é reconhecida” e mandatou o presidente do partido para proceder às nomeações dos cargos de direcção e chefia do partido ao nível nacional e provincial para permitir um funcionamento normal antes do congresso, noticiou o portal Notícias ao Minuto.

A marcação de um novo congresso surge na sequência da anulação do XIII Congresso, em que foi eleito Adalberto Costa Júnior, pelo Tribunal Constitucional, que deu razão a um grupo de supostos militantes do partido do “Galo Negro” que pediam a destituição do presidente devido a alegadas irregularidades registadas no congresso, designadamente o facto de ter concorrido sem renunciar à nacionalidade portuguesa.

Adalberto Costa Júnior tornou-se o terceiro presidente do partido, em 15 de Novembro de 2019, conquistando mais de 50% dos votos num universo de 960 eleitores e vencendo quatro candidatos: Alcides Sakala, Raul Danda (falecido este ano), Kamalata Numa e José Pedro Catchiungo.

O Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), partido no poder há 46 anos e que a UNITA, principal força da oposição quer derrotar nas eleições gerais de 2022, tem também congresso agendado para a escolha do líder entre 09 e 11 de Dezembro.

Jovens criam grupo de oração online para interceder por ACJ

Jovens angolanos criaram um grupo aberto de oração, no Facebook, para interceder por Adalberto Costa Júnior e a sua família.

A iniciativa, de acordo com os comentários dos participantes, surge com o objectivo de fortalecer, proteger e interceder pela vida de Adalberto Costa Júnior por meio de uma corrente de oração, diante das interferências criadas pelo Tribunal Constitucional, que, recentemente, anulou o Congresso que o elegeu como presidente da UNITA. Através disso, está impossibilitado de exercer o cargo.

Durante todos os dias, mais de 3 mil jovens que aderiram ao grupo de oração, partilham frases e imagens que ilustram pedidos de bênção e apoio ao político.

No grupo, vê-se comentários como “interceda pela vida de ACJ”, “livra-o dos demónios do MPLA, porque ele será o Presidente em 2022”, “Pai abençoe Abel Chivukuvuku, Adalberto gosta Júnior e Filomenos Lopes”.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (25)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (22)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania