Connect with us

Mbuandja na Kianda

Congresso? Não. – Vasco da Gama

Published

on

Desde que JLO deu cara como homem forte do Governo de Angola deixei, momentaneamente, de analisar, criticar ou mesmo elogiar todas acções do seu Governo e, concomitantemente, do seu MPLA.

A justificativa disso é simples: o homem precisa de algum tempo para merecer uma apreciação bem fundamentada.

Mas, como ele vai assumir a liderança dos camaradas, no sábado, e isso vai ocorrer durante uma reunião magna, a que muitos chamam de CONGRESSO, eis que senti vontade e interesse em tecer algumas considerações:

1. Um congresso é e deve ser um encontro formal que reúne, no caso político, militantes de várias regiões do País para discutir questões internas de um determinado Partido.

1. Um congresso serve e deve servir, para além de discutir, instituir ou destituir organogramas, funções, indivíduos etc, para eleger determinados membros.

3. Um congresso é e deve ser um encontro que para a sua participação os escalões de base, níveis municipal, comunal e distrital, se for este a configuração, organizar uma espécie de eleição local para encontrar os DELEGADOS que irão participar dele.

4. Um congresso é e deve ser um encontro em que se vai sem certezas de nada, absolutamente nada. Aliás, as certezas é que dependem do Congresso é não o congresso a depender das certezas já consumadas.

Assim, considerando o que temos vindo a acompanhar – como por exemplo, a não eleição dos delegados participantes, e a falta de incerteza na eleição de JLO;
Tendo em atenção ao conceito do CONGRESSO, parece, quanto a nós, que é forçoso, chamar o encontro do MPLA que vai decorrer, no Sábado, em Luanda, de um CONGRESSO verdadeiramente falando. É forçoso porque não estão reunidos os pressupostos para que o mesmo receba o nome de um CONCLAVE, de facto!

Não havendo compatibilidade entre a noção de CONGRESSO e a prática que estamos a ver, não restam dúvidas de que estamos E assistiremos uma REUNIÃO ALARGADA DO COMITÉ CENTRAL que, para o efeito, vai confirmar um JLO indicado por JES. Assim, é legítimo questionarmos se estamos diante de um congresso e a resposta é simples:
Congresso? Não. É uma reunião alargada do Comité Central!

Tudo mbuandja.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *