Connect with us

Politica

Congresso do PRS: analistas apelam transparência no processo

Published

on

O presidente cessante do PRS vai apresentar esta segunda-feira, 12, a candidatura à sua própria sucessão. A confirmação da formalização da candidatura de Benedito Daniel foi avançada ao Correio da Kianda, pelo coordenador da comissão preparatória do V Congresso Donji Vieira.

“O acto terá lugar no Complexo daquela formação política, no Município de Viana”, conforme disse Donji.

Por outro lado, o Secretário-Geral cessante da Juventude de Renovação Social-JURS, Gaspar Fernandes, disse ontem à Rádio Correio da Kianda que poderá, igualmente, formalizar a sua candidatura nesta segunda-feira.

Gaspar diz contar com quadros do Comité Nacional com perfil aceite para levar avante a pretensão de liderar o PRS.

Vale lembrar que, o primeiro político a formalizar a candidatura, dos três que manifestaram intenção de concorrer à liderança do PRS, Sapalo António cumpriu com este pressuposto na última sexta-feira.

O assunto mereceu este sábado análise dos convidados do programa Geração 80, da Rádio Correio da Kianda. O académico Crisóstomo Chipilica espera que o V Congresso do PRS “ocorra num ambiente de democracia”.

Já a jurista Belfa Kussei “lamenta a ausência de rosto feminino entre os candidatos à liderança do PRS e apela os partidos na oposição a evitar comportamentos contrários dos propósitos pelos quais foram criados”.

Por seu turno, o cientista político Eurico Gonçalves entende “que todas formações políticas são pertença dos angolanos, com vista a aprofundar a democracia no país”.

E o jurista Daniel Pereira “apela à Comissão preparatória e à Comissão de mandatos conduzir o processo com lisura, e para o bem da democracia não excluam Gaspar Fernandes e Sapalo António para o bem da unidade e democracia interna no PRS”.

Faltam poucas horas para o termo de formalização das candidaturas á liderança do PRS. Até este momento, a Rádio Correio da Kianda sabe que Sapalo António já formalizou a sua candidatura, enquanto que, Benedito Daniel e Gaspar Fernandes prometem fazê-lo hoje.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Colunistas