Connect with us

Politica

Congresso da JFNLA arranca com fissuras: candidato demissionário promete impugnar conclave

Published

on

O arranque do congresso da JFNLA foi marcado por um ambiente de divisão entre os militantes do partido, contrariamente a expectativa criada pelo presidente daquela formação política, Nimi-a-Simbi, à margem da reunião do Bureau Político, ocorrida sábado.

Em causa está a alegada usurpação de competências do antigo Secretário-Geral da JFNLA, Daniel Afonso, que também foi afastado recentemente do cargo de Secretário Nacional para os Assuntos Eleitorais.

A revelação foi feita nesta manhã à Rádio Correio da Kianda, pelo secretário-geral em exercício da JFNLA e candidato, Eduardo João, que suspendeu a intenção depois de dar entrada de uma providencia cautelar ao gabinete do presidente do partido.

O político assegurou que protestam o congresso que arrancou hoje e promete impugnar por ilegitimidade da entidade que convocou o congresso.

Entretanto, o líder da FNLA disse na última reunião do Bureau Político, sábado passado, que o congresso da JFNLA visa unir aquela agremiação juvenil política.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.