Connect with us

Sociedade

Condenada a 32 anos de prisão cidadã que matou e queimou corpo da amiga no Mártires

Published

on

Foi condenada pelo Tribunal de Comarca de Luanda, a 32 anos de prisão, a cidadã Ana Patrícia Queiroz, de 42 anos de idade, que matou e queimou o corpo da amiga, no Mártires, em Luanda.

O facto, que comoveu a sociedade angolana, aconteceu em Abril do corrente ano, que levou a morte de Sebastiana de Fátima Rosário dos Santos Neto, de 57 anos, no bairro Mártires de Kifangondo, supostamente perpetrada pela amiga, para se apropriar de mais de sete milhões de kwanzas e outros bens da vítima.

Apesar de o crime ter acontecido um mês antes, em Março, Ana Patrícia Queiroz e um outro elemento foram apresentados no dia 12 de Abril como principais suspeitos deste crime pelas condições e motivações que levaram à morte a vítima.

Sebastiana dos Santos Neto foi traída pela sua comadre, que tinha como objectivo roubar os pertences da malograda, tais como joias em ouro e valores monetários, depois de aperceber-se de uma viagem que a amiga faria para o exterior do país, propriamente nos Estados Unidos da América.

Assim, em julgamento no Tribunal de Comarca de Luanda, estiveram dez cidadãos, cinco em prisão preventiva e cinco em liberdade.

Colunistas