Connect with us

Sociedade

Concurso de sustentabilidade ambiental premeia jovens artistas

Published

on

 

Um total de 20 jovens e um centro profissional de Luanda e Benguela, participaram nesta sexta feira 2 de Dezembro, da premiação do concurso de sustentabilidade ambiental promovido pela Juventude Angolana protagonista do desenvolvimento sustentável, acção climática e protecção ambiental (Eco-Jovens) , com o financiamento da União Europeia , na mediateca Ze-Dú no Cazenga , em Luanda.

Na ocasião o coordenador do Eco-Jovens Padre Djodjo,  disse que a premiação visa essencial incentivar os jovens a terem cultura ecológica e ganharem noção da importância da preservação do meio ambiente na sociedade.

“ O programa em Luanda é no seu todo a reciclagem do lixo, tem um apoio a 50% da elisal e movemos jovens para terem noção da ecologia e preservação do habitar onde residimos” disse

Padre Djodjo disse ainda que o projecto Eco-Jovens está numa primeira fase implementado  em duas províncias Luanda e Benguela , nesta última” o projecto actua no apoio ao jovens na formação de sistemas solares, onde temos um centro bem equipado e com formadores bem preparados” realçou

Por seu torno a Gestora de Projectos da União Europeia na República de Angola, Áurea Pereira disse que sai satisfeita do evento,   e estamos  “ muito preocupados com a questão ambiental a nível do mundo, por isso é importante nós enquanto instituição financiadora estarmos apar e a ver realmente os resultados e o impacto das acções que estão a ser financiadas  a resultar” disse

Áurea Pereira avançou que para financiar o projecto Eco-Jovens, a ” União Europeia desembolsou  dos seus cofres cerca de 600 mil Euros, num projecto que teve ínicio em 2020 e termina em 2024”.

Nesta primeira fase foram premiados quatro categorias nomeadamente :

-Artes plásticas, vencida pelo artista plástico Diangani André com a obra o “ lixo” retratando, segundo o autor a necessidade da reciclagem deste resíduo que é muito desvalorizado ,  tendo levado para casa como prémio 700 mil kz.

– Fotográfia , nesta categoria venceu o fotógrafo Jerónimo Félix com a imagem ilustrando catadores de lixos no aterro sanitário de Luanda , tendo de igual modo levado como prémio 700 mil kz.

-Videos, venceu a guionista Luzolo Feliz com um documentário curto titulado ” Teu lixo meu lixo” que chama atenção da necessidade de se dar importância a reciclagem  pois pode se tornar em um meio de subsistência para inúmeras famílias em Luanda , disse a vencedora, levou de igual modo 700 mil kz.

-Escolas e Centros , nesta categoria venceu o Centro Profissional Era Uma Vez Atelier de Artes sediado em Benguela , como prémio levaram meios didácticos e matérias de apetrechamento do centro.

O Programa  Eco-Jovens visa contribuir para a valorização do capital humano da Juventude Angolana , em especial das mulheres e raparigas , promovendo o seu envolvimento activo no incremento de políticas públicas e empregabilidade através  do fomento do desenvolvimento sustentável focado na acção climática e protecção ambiental.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *