Connect with us

Educação Financeira

Compra de óculos nas lojas de ópticas e na rua

Published

on

Verifico que cada vez mais as pessoas recorrem à venda ambulante ou pequenos comerciantes de venda de óculos para alegada melhoria da visão e de óculos de Sol. Penso que o valor geral de um par de óculos em lojas especializadas tem o seu custo e benefício e a maior parte das pessoas, infelizmente, não tem capacidade para pagar. 

Comprar óculos para melhorar a visão é um assunto sério. Se a visão está em perda de qualidade ou tem alguma doença como miopia deve ser tratada por quem sabe, pois para atribuição de uma graduação é necessário fazer testes de optometria. Ter uma graduação desfasada da necessidade da pessoa que necessita de um par de óculos tende a piorar a situação.

É, também, um assunto sério pois comprar óculos envolve esforço financeiro de dezenas de milhares de Kwanzas e entre 3 a 5 000 Meticais de Moçambique. É para a maioria das pessoas um esforço que envolve tomada de decisões e prescindir de outras compras e/ou poupanças. Encontre um oculista com tempo disponível para o aconselhar e lhe prestar informações detalhadas. Os óculos são objectos muito pessoais e únicos, para uso no dia a dia, e devem combinar perfeitamente consigo e com o seu estilo de vida. Além disso, muitos factores influenciam a maneira como irá efectivamente ver com os seus óculos novos. Por isso, é tanto mais importante que o seu optometrista lhe faça uma consulta completa, incluindo uma sessão de perguntas e respostas, e um bom exame de refracção, sem pressa e com profissionalismo. Durante o exame de refracção deve estar descontraído e confortável.

Por exemplo, não deve realizar testes de visão e de refracção se sofrer de rinite alérgica, com irritação ocular associada ou enxaqueca. Os erros cometidos durante o exame de visão e de refracção já não podem ser corrigidos nos óculos acabados e podem diminuir o conforto visual e causar imperfeições na correção da visão. Na pior das hipóteses, o resultado pode ser a intolerância aos óculos. Por isso, tenha calma nessa etapa importante e insista para que o seu oculista também dedique o tempo necessário a esta tarefa.

Independentemente do tipo de óculos que venha a comprar, os seguintes aspectos são essenciais no processo de seleção:

  • Qual é a finalidade dos óculos novos?
  • Descreva detalhadamente as condições em que irá usar os óculos, tanto a nível profissional como pessoal.
  • Sofre de alguma doença que possa afectar os seus olhos?
  • O que mais lhe agradava ou desagradava nos seus antigos óculos?
  • Que tratamentos poderão ser apropriados para as suas lentes?

Na hora de escolher a armação dos seus futuros óculos e além das lentes, a armação também é muito importante. Contudo, ao experimentar diferentes modelos, não basta ter em consideração o aspecto estético. A forma como a armação encaixa no rosto é extremamente importante para a tolerância e o conforto a longo prazo.   As armações devem assentar bem no seu rosto. Não deve sentir nenhuma pressão nos pontos de contacto, como atrás das orelhas ou sobre o nariz. O optometrista deve adaptar as hastes ao formato do seu rosto, para que não sinta nenhuma pressão nas têmporas, mesmo depois de usar os óculos por longos períodos. As hastes perfeitamente ajustadas exercem apenas uma leve tração atrás da orelha, evitando que o peso dos óculos pressione o nariz. Regra geral, o ajuste dos óculos será perfeito quando você nem sequer se apercebe de que está a usá-los.

A armação está idealmente posicionada quando as suas sobrancelhas estão acima ou exatamente atrás da borda superior. Isso garante a melhor visão, pois nem as bordas da armação nem a lente a comprometem. Escolha bem o tamanho da armação, tendo em conta a distância entre os seus olhos e o tamanho das órbitas oculares. As armações não devem ser muito mais largas do que o seu rosto e, em caso algum, devem tocar nas maçãs do rosto. Se o fizerem, as lentes embaçam e poderão surgir pontos de pressão no seu rosto. As armações grandes estão na moda e oferecem conforto visual e uma boa tolerância de uso.

Por sua vez, na rua tem a compra de óculos sem qualquer ajuda técnica e de lentes sem graduação, que nada fazem para a sua visão. Se é pelo estilo que pode ter e apresentar, o tal “drip” ou “sweag”, aqui também pode ter, tal como os preços dos óculos na rua são bem mais baratos, mas pense bem: para que precisa dos óculos?