Connect with us

Politica

“Comportamentos que põem em causa a vida humana devem merecer reprovação da sociedade”

Published

on

“Todos os comportamentos que põem em causa a vida humana, individual e colectiva, devem merecer a reprovação veemente da sociedade, nos termos da lei”, escreveu esta sexta-feira, 08, na sua página pessoal, o Presidente da República, João Lourenço.

Como exemplo, o Chefe de Estado angolano listou a “destruição do nosso património público (cabos eléctricos, tubos de água, carris, fábricas, aeroportos, portos), a travessia de pessoas em locais proibidos, assim como à pilhagem dos nossos recursos”.

“Não continuaremos a assistir, impávidos”, disse, acrescentando que “nenhum cidadão comprometido com o bem do seu país se deve manter indiferente diante de um fenómeno que, de tão pernicioso, põe em causa a vida e o bem-estar da colectividade”.

Recentemente, o ministro de Estado e Chefe da Casa Militar do Presidente da República denunciou a existência de uma mão invisível nos actos de vandalização de bens públicos que se registam nos últimos dias por todo o país.

Francisco Furtado considerou como acto de “terrorismo” a vandalização de torres de transporte de electricidade de alta tensão, afectas às linhas Lucala-Viana, Kapari-Catete, ocorrida recentemente, e garante que “as autoridades serão implacáveis a esses actos”.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.