Connect with us

Mundo

Comissão Europeia propõe sanções contra a Rússia no valor de 11 bilhões de euros

Published

on

A Comissão Europeia propôs um novo pacote de sanções contra a Rússia no valor de 11 bilhões de euros, disse Ursula von der Leyen, chefe da comissão, nesta quarta-feira, 15.

“Estamos a sugerir uma décima parcela de sanções com proibições comerciais e novos controlos sobre exportações para a Rússia, exportações de tecnologia, no valor de 11 bilhões de euros”, disse, na sessão plenária do Parlamento Europeu.

A Comissão Europeia propõe introduzir sanções à exportação para proibir o fornecimento de electrónicos usados pela Rússia na produção de drones e helicópteros, avançou Ursula von der Leyen.

“Estamos a sugerir restrições a uma dúzia de componentes electrónicos usados em sistemas de armas russos, como drones, mísseis e helicópteros”, avançou von der Leyen, na sessão plenária do Parlamento Europeu.

Para além das sanções direccionadas à Rússia, a líder da comissão destacou que o Irã deve ser sancionado igualmente sob as alegações ocidentais de cooperação de Teerã com o Exército russo.

“Pela primeira vez também estamos sugerindo sanções contra operadores económicos iranianos, incluindo aqueles ligados à Guarda Revolucionária, é nosso dever fazer isso, para sancionar tal comportamento”, disse von der Leyen.

Os países ocidentais acusaram repetidamente Teerã de fornecer drones de combate a Moscou para uso na operação militar especial da Rússia na Ucrânia. Moscou e Teerã rejeitam as acusações.
Depois que Moscou lançou sua operação especial na Ucrânia em fevereiro de 2022, os EUA, a União Europeia (UE) e a Grã-Bretanha impuseram restrições econômicas contra a Rússia.

Com agências internacionais 

Colunistas