Connect with us

Sociedade

Comemora-se hoje o Dia Internacional do Jornalista

Published

on

Assinala-se nesta terça-feira, 8 de Setembro, o Dia Internacional do Jornalista, instituído pelas Nações Unidas em homenagem ao jornalista checo Julius Fucik, assassinado nesta data.

Julius Fucik foi jornalista e membro do partido comunista da antiga Checoslováquia. Foi membro da resistência contra o nazismo na Segunda Guerra Mundial e acabou preso e morto em 8 de Setembro de 1943.

Nesta altura, Julius Fucik revelou-se num acérrimo defensor da liberdade de imprensa e inspirava nos seus despachos a luta contra o fascismo e advogava ideais de independência dos povos oprimidos, o que lhe valeu, em 1950, o prémio da paz, a título póstumo, outorgado pelo Conselho Mundial da Paz.

Aliados ao pensamento de Fucik, jornalistas de todo o mundo consubstanciam a sua actividade profissional quotidiana à defesa das mais nobres aspirações dos povos (relacionadas com os direitos humanos, liberdade de expressão, melhoria das condições sociais, colocando muitas vezes em risco as próprias vidas).

Por ocasião da data, são felicitados todos profissionais que, no interior e no exterior do país, divulgam a realidade do país, estreitando os laços com a diáspora espalhada por todos os continentes e que no exercício da profissão enfrentam constrangimentos de vária ordem, em particular aqueles que nas províncias mais recônditas enfrentam ainda dificuldades.

A formação de quadros constitui uma das prioridades do Executivo, visando a melhoria do exercício da profissão jornalística.

Por Angop

Colunistas