Connect with us

Angola que dá certo

Combate à venda desordenada começa a dar nova imagem a Luanda

Published

on

O grupo multidisciplinar criado recentemente pelo Governo Provincial de Luanda para persuadir vendedores, assim como clientes, a dirigirem-se a mercados oficiais criados pelo Governo, estancando assim, o fenómeno da venda desordenada, aos poucos vai mostrando que está mesmo a resultar. A venda desordenada, nas mais distintas zonas de quase todos os municípios de Luanda, aos poucos, vai chegando ao fim. Foi o que constatou o Correio da Kianda, numa radiografia feita esta sexta-feira, 17 de Fevereiro.

Um exemplo de tal mudança é a rua do Tribunal de Comarca de Luanda, onde, para quem durante muito tempo passou por lá, sabe, o quão difícil, era a circulação por esta via.

Com milhares de bancadas, banheiras carregadas de produtos, a rua, que outrora foi criada para o tráfego de viaturas, até então, terá se transformado num mercado a céu-aberto, onde, até os automobilistas que pagam taxa de circulação para ali circularem, tinham de pedir favor as vendedoras ambulantes.

Com a implementação do ius-imperium, a venda desordenada na rua direita do Tribunal de Comarca do distrito urbano do Benfica, chegou ao fim, pelo menos, até ao momento. Para a felicidade não apenas dos automobilistas, como para os que próximos daquela via vivem, que a este jornal, revelaram, terem vivido “como se fossem prisioneiros, nas suas próprias casas”.