Connect with us

Sociedade

Comandante Provincial da Huíla preocupado com segurança no turismo

Published

on

A falta de um plano de segurança para o sector do turismo, infra-estrutura e dos turistas está a preocupar o Comando Provincial da Polícia Nacional na Huíla.

A preocupação foi manifestada durante um encontro de trabalho, nesta terça-feira, 13, entre o comissário Divaldo Júlio Martins, Comandante Provincial da Polícia na Huíla com o Director Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos, Osvaldo Lucas.

Durante o certame, o comissário Divaldo Martins disse ser necessário criar e definir estratégias que possam permitir e garantir segurança no sector do turismo, tanto a nível provincial bem como dos municípios.

“É necessário identificar os reais problemas de segurança existentes no sector do turismo”, frisou o comissário.

Por seu turno, Osvaldo Lucas reconhece a importância e necessidade de se garantir segurança ao sector, tanto para as infra-estruturas bem como para os turistas. “A questão da segurança não é actividade exclusiva da polícia”, finalizou o dirigente.

“O turismo é uma actividade económica, política, social e cultural das mais significativas. É das mais promissoras actividades económicas mundiais, geradora de postos de trabalho e de divisas para a província”, destacou.

Durante o encontro, que se achou bastante produtivo, ficou assente que “a segurança no sector do turismo é imprescindível, pois que, avaliar a capacidade do sector pode gerar empregos, distribuir renda, captar divisas e proporcionar a melhoria da qualidade de vida das comunidades. Afinal, o turismo deve ser visto como parte constitutiva de um processo de desenvolvimento sustentável da província e do país”.

A ocasião serviu também para o comandante exigir mais rigor e disciplina nos operadores da hotelaria no que concerne ao cumprimento do Decreto Presidencial n.º 82/21 de 9 de Abril, sobre as medidas de prevenção e controlo da propagação do Vírus SARS-CoV-2 e da COVID-19, assim como as regras de funcionamento dos serviços privados, e outras actividades durante a vigência da Situação de Calamidade Pública na província.

O Comando Provincial da Polícia Nacional da Huíla alerta a todos os cidadãos a cumprirem com as medidas de biossegurança, pois que, os infractores serão severamente sancionados nos termos da lei.

Por. Dumbo António 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (24)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (22)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania