Connect with us

Desporto

Coman sofre ataque racista após ter falhado penálti na final do mundial

Published

on

Kingsley Coman, avançado da selecção francesa, foi alvo de ataques racistas pouco depois da derrota na final do Campeonato do Mundo, diante da Argentina, em jogo disputado na tarde deste domingo, 18, no Lusail Stadium, em Doha.

Logo depois de falhar o seu penálti, o atacante do Bayer de Monique teve o seu Instagram recheado de comentários preconceituosos.

“Você é africano, não francês, meu amigo. Saia do time!”, escreveu um adepto que usou um perfil falso para insultar o atacante na sua foto mais recente.

Nascido na França, Coman tem dupla nacionalidade: sua família é de Guadalupe, ilha situada na região do Caribe que pertence ao país europeu. Em meio aos comentários na imagem em questão, alguns adeptos publicaram emojis de macaco, enquanto outros, além de usarem símbolos de um gorila, ofenderam o atleta pelo penálti falhado.

Por outro lado, houve quem pedisse o fim dos comentários racistas e incentivasse denúncias aos perfis que cometeram o crime.

Recordar que a França perdeu na final com Argentina, na marcação de penáltis por 4-2, depois de empatarem por 3-3 em 138 minutos jogados.