Connect with us

Eleições 2022

“Com ou sem fraude” UNITA confiante na alternância política

Published

on

 

 

O líder da UNITA e candidato a Presidente da República, Adalberto Costa Júnior, reafirmou nesta segunda-feira, 08, na província de Malanje, a necessidade de haver no país uma alternância política, apelando o engajamento de todos os cidadãos para este “grande feito”.

Adalberto Costa Júnior disse que a sua formação política teve que recorrer da criação da Frente Patriótica Unida que inclui membros da UNITA, PRA-JA, do Bloco Democrático e membros da Sociedade Civil, com propósito de realizar Angola e os Angolanos. Presidente da UNITA fez saber que o surgimento da FPU “criou uma rotura para o partido de regime”.

O político culpabiliza o MPLA pela falta de água, energia, saúde, educação entre outras questões sociais na província de Malanje, tendo exortado aos seus militantes, simpatizantes e amigos a darem um “basta ao partido no poder, para que haja democracia, alternância, legalidade e instituições que respeitem a lei e aos cidadãos”.

O candidato dos maninhos alertou aos cidadãos a não se deixarem enganar com discursos de que, se a UNITA vencer as eleições haverá retorno a guerra civil. Para o Presidente da UNITA, Angola precisa um governo de proximidade e prometido com povo.

Adalberto Costa Júnior frisou que as eleições são oportunidades dos cidadãos de dicidir em quem escolher para governar.