Connect with us

Sociedade

CNJ e Clé juntam-se para ajudar a combater a malária

Published

on

O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) e a Clé Entertainment assinaram, nesta quarta-feira, 16 de Junho, um protocolo de cooperação para a implementação de vários pontos de rastreio de malária em alguns municípios de Luanda e Benguela, a ser realizado a partir do dia 26, do corrente més.

O referido protocolo visa ajudar o governo nas acções de combate a malária que tem vindo a ceifar vidas de milhares de angolanos.

Segundo o Presidente do Conselho Nacional da Juventude, Isaías Kalunga, que falava durante a conferência de imprensa, “nesta primeira fase o projecto irá mobilizar quarenta médicos e duzentos enfermeiros que vão acudir o primeiro acto de apoio às comunidades no rastreio à malária e, por conseguinte, o apoio de fármacos após o rastreio feito”

Já Clésio Gomes disse que é imperioso na Clé apoiar iniciativas que visam ajudar as comunidades, visto que a Clé vem apoiando várias causas e abraçando iniciativa como esta natureza desde a sua fundação.

A acção nobre de ambas as partes tem como objectivo contribuir para a redução dos elevados níveis de paludismo, situação esta que tem assolado a população nos últimos tempos. Os principais pilotos do projecto serão os municípios de Viana e Cacuaco, tal como foi afirmado.

De lembrar que a Clé Entertainment é uma empresa nacional que trabalha na gestão de carreira e imagem de artistas angolanos, actuando de forma diferenciada no mercado.

Lembrar que a malária é actualmente a maior causa de mortes no país, tendo sido registado desde o inicio de 2021, mais de cinco mil mortes, de acordo com dados avançados esta semana pela ministra da Saúde, Silvia Lutucuta, quando fazia apresentação do ponto de situação da doença no país.