Connect with us

Politica

Circulação anormal de pessoas vista como entrave para comboio Luanda-Aeroporto

Published

on

A circulação anormal de pessoas em perímetros que deveriam ser inacessíveis ao público foi identificada, durante a visita efectuada pelo Presidente da República, João Lourenço, esta quarta-feira, 05, como um dos entraves para a normal circulação dos comboios no troço Bungo (Baixa de Luanda) até à aerogare do Aeroporto Internacional António Agostinho Neto, em Icolo e Bengo.

O Chefe de Estado percorreu hoje um percurso de aproximadamente 45 quilómetros com “o objectivo de conhecer de perto e de modo aprofundado um dos recursos a utilizar pelos passageiros na ligação Luanda-Aeroporto e vice-versa, no quadro do programa em curso de viabilização das diferentes acessibilidades tendo em vista o início, no último trimestre deste ano, dos voos de passageiros no novo aeroporto da capital”, diz a nota da Presidência.

“O Presidente viu o estado da via, constatou os desafios associados à circulação dos comboios no troço e recebeu explicações acerca do que vai ser preciso fazer nos próximos tempos para se garantir uma operação em segurança”, informa o comunicado.

Acompanhado por ministros e directores, João Lourenço avaliou, igualmente, “a evolução dos trabalhos que vão culminar com a construção de uma rodovia (estrada circundante) projectada para desafogar o trânsito que cruza por Luanda e Viana”, na Estrada 230, por altura do km 44.

“A referida estrada passará perto do Zango 8 000 e do Hospital Bispo Emílio de Carvalho, devendo representar uma alternativa à circulação, com benefícios para os utilizadores do Aeroporto Internacional António Agostinho Neto”, destaca a Presidência.