Connect with us

Economia

Cidade da China sorteia dez milhões de kwanzas em prémios aos clientes

Published

on

A Cidade da China vai oferecer, às 10 horas, desta quarta-feira, 30, prémios de Natal e de Ano Novo em sorteio, no valor global de dez milhões de kwanzas, dos quais, um milhão é para o primeiro classificado, numa cerimónia que contará com diversas entidades do município de Viana e também representantes da diplomacia chinesa em Angola.

Os clientes que efectuarem compras nas lojas que aderiram a campanha da Cidade da China, concorrem para estarem entre os 248 a serem sorteados nesta quarta-feira, para os prémios no valor de dez milhões de kwanzas. Para o primeiro classificado está reservado o prémio avaliado em um milhão de kwanzas, ao passo que o  segundo e terceiro classificados vão receber o equivalente a 500 mil kwanzas cada.

O sorteio destina-se a todos os clientes que de 26 de Novembro a 30 de Dezembro do corrente ano, tenha efectuado compras no valor igual ou superior a 100 mil kwanzas e que tenham recebido o cupom de sorteio em lojas da Cidade da China.

Uma fonte daquela cidade comercial chinesa, informou ao Correio da Kianda que o sorteio vai abranger igualmente quinze clientes com o prémio de 200 mil kwanzas cada.

O quarto grupo de sorteados será de 30 clientes e vão receber cada um prémios de 100 mil kwanzas.

Os demais clientes, num total de 200, que não se virem premiados, avança ainda a fonte, levarão de lembrança presentes no valor de dez mil kwanzas.

Os referidos “prémios de Natal e de Ano Novo” vão desde televisor com bluetooth, equivalente a um milhão kwanzas, a jogos de lençóis, electrodomésticos, jogos de sofás, mesa de jantar e cadeiras, conjunto de sistema de som e de talheres, entre outros.

A Cidade da China é dos maiores investimentos do gigante asiático em Angola, com mais de quatro mil empregos directos a jovens angolanos, que trabalham nas mais de 200 lojas do empreendimento.

Está localizada na Avenida Fidel Castro Ruz, junto ao Zango 0, no sentido Cacuaco-Benfica.

Colunistas