Connect with us

Mundo

Cidadãos manifestam-se contra extrema-direita após eleições na França

Published

on

Milhares de apoiantes da coligação de esquerda manifestaram-se hoje em Paris contra a extrema-direita, com várias alusões aos anos 1940, pedindo ao Presidente francês que clarifique a sua posição e apele sem ambiguidades a uma “frente republicana”.

A manifestação decorreu na Praça da República, no centro de Paris, e foi convocada pela Nova Frente Popular, tendo contado com intervenções de dirigentes de todos os partidos, entre os quais o líder da França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, e o secretário nacional do PS francês, Olivier Faure.

A União Nacional foi a formação mais votada na primeira volta das eleições legislativas francesas realizadas este domingo, com cerca de 34% dos votos, à frente da coligação de esquerda Nova Frente Popular com 28,5% e da centrista Juntos pela República com 22 %, de acordo com as primeiras projecções.

Com bandeiras da coligação, da Palestina, ou com o arco-íris representativo do movimento LGBT, milhares de manifestantes foram entoando cânticos como “não queremos fachos”.

França: centristas liderados por Emmanuel Macron caem do governo para o terceiro lugar