Connect with us

Sociedade

Cidadão de 42 anos mata a sua esposa por ter chegado tarde em casa

Published

on

Um cidadão de nome Marcolino Malengue, de 42 anos de idade esta a ser acusado de ter morto a sua esposa que em vida chamou-se Emília Cutata, alegando estar embriagada, e por ter chegado as 23 horas em casa.

O facto aconteceu, na aldeia de Cavivi, Município da Cunhinga, 30 quilómetros a norte da Cidade do Cuito, província do Bié.

Segundo avançou  o director do gabinete de comunicação e imagem do  comando provincial da Polícia Nacional, superintendente-chefe António Hossi, referiu que o suposto assassino, já está a contas com a justiça, e que o mesmo  alegou ter perpetrado a acção pelo facto da vítima ter aparecido  em casa muito tarde (23 horas), em estado de embriaguês.  

O policial que falava para comunicar as ocorrências registadas nos últimos sete dias da semana disse que no mesmo período, o comando provincial da Polícia Nacional, registou 41 crimes, que resultaram na detenção de 39 indivíduos.

Apontou o uso excessivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, divergências nos lares, ganância ao lucro fácil, o desemprego, fome e miséria crescente, com maior incidência nas classes menos favorecidas, falta de iluminação pública nos principais centros suburbanos e a inobservância às regras de trânsito como as principais causas.

(Com Angop)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas