Connect with us

Sociedade

Cidadão morre queimado após tentar assaltar o pastor da sua própria igreja

Published

on

Seis meses depois de ter contraído matrimónio, casamento celebrado pelo seu próprio pastor numa das igrejas pentecostais do Zango, um cidadão, que foi a enterrar na semana finda, foi morto após uma tentativa de assalto contra o seu próprio líder espiritual.

De acordo com testemunhas, que contaram ao Correio da Kianda os factos, o fiel da igreja, agora falecido, em companhia de seus amigos, numa noite de quarta-feira do corrente mês, tentou assaltar a residência do seu próprio pastor, por supostamente ser também o tesoureiro da igreja.

A tentativa de assalto acabou por ser frustrada, depois do pastor gritar, pedindo socorro. Ao sair da residência, acabou por ser apanhado pelos meliantes, sendo linchado pela população.

Linchamentos de supostos criminosos têm sido recorrentes no bairro Cajueiro. Moradores falam em falta de policiamento, o que tem provocado cada vez mais o crescimento de criminosos na zona, provenientes dos bairros do Luanda Limpa e os Zangos 1 e 2.