Connect with us

Sociedade

Cidadão mata amigo com adobe no Huambo

Published

on

Uma briga entre amigos no bairro Tchipa Tchiwa, no município da Caála, província do Huambo, terminou em morte, depois de um, no seguimento de desavença entre ambos, ter arremessado um adobe ao outro, que ficou gravemente ferido e acabou por morrer no Hospital Geral do Huambo, onde foi levado para ser socorrido.

Segundo testemunhas, o sucedido aconteceu depois do amigo, que matou o outro amigo com adobe, ter ingerido o remédio psiquiátrico Diazepam, momentos antes de praticar o crime.

O facto apanhou de surpresa o pai da vítima que, depois de cumprir o seu turno na empresa onde trabalha como segurança, ao chegar em casa, deparou-se com a morte do seu filho.

Na província do Huambo, a par da prostituição, que cresce em quase todos os cantos de forma vertiginosa, o consumo de comprimidos com substâncias psicoactivas e uso de liamba por parte de adolescentes, é um outro cenário que tem estado a preocupar muitos encarregados naquela província do Sul do país, que apontam a falta de ocupação nessa fase de pandemia, como um dos principais motivos deste fenómeno.