Connect with us

Sociedade

Cidadão assassinado ao transportar mais de Kz 35 milhões para depósito em banco

Published

on

Um cidadão, de 37 anos, da Eritreia, foi morto a tiro esta segunda-feira, na via pública, na zona industrial do Lubango, ao resistir a um assalto, quando transportava 37 milhões de kwanzas para depositar num banco.

O comandante municipal da Polícia Nacional no Lubango, superintendente Fernando Hamuyela, afirmou que o caso aconteceu por volta das 12 horas, na zona industrial, próximo ao armazém da vítima, onde vendia produtos alimentares diversos.

O superintendente Fernando Hamuyela explicou que o cidadão ao transportar os valores num cofre, numa viatura de marca foi surpreendido por dois jovens a bordo de uma motorizada, até ao momento não identificados, que o abordaram e exigiram que entregasse os valores que estavam na caixa.

A vítima acabou por mostrar resistência na entrega dos valores, tendo surgido uma contenda entre as partes. De seguida os marginais efectuaram quatro disparos na região torácica e abdómen do cidadão que o vitimaram mortalmente.

Da acção de investigação, segundo a fonte, apuraram que há um funcionário do referido armazém que na segunda-feira deu sumiço a uma viatura da empresa e até ao momento não voltou com o meio e está incontactável.