Connect with us

Sociedade

Cidadão angolano detido em Maputo por tráfico de droga extraditado para Angola

Published

on

Um cidadão angolano detido na cidade de Maputo, pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) de Moçambique, por tráfico internacional de droga, será extraditado para Angola.

De acordo com o porta-voz do SERNIC, Hilário Lole, “agora estão em curso procedimentos administrativos para a extradição do mesmo indivíduo. Logo que estiver tudo organizado, ele vai ser extraditado”, declarou o porta-voz.

O homem, de 51 anos, foi detido na cidade moçambicana, depois de fugir de Angola em Setembro de 2019, onde cumpria uma sentença transitada em julgado no ano de 2017.

O cidadão, cujo nome não foi divulgado cumpria uma pena de prisão superior a dez anos pela prática do crime de tráfico internacional de estupefacientes em Angola, segundo a polícia moçambicana.

Durante a sua detenção, o homem apresentava vários documentos de identificação falsos, entre os quais o de Moçambique, Brasil, Namíbia e Seicheles, com nomes diferentes do registo de Angola e, em outros, com a fotografia também diferente.

O SERNIC alertou que a acção também poderá configurar a “prática do crime de falsificação de documentos”.