Connect with us

Sociedade

Chuvas inundam Hospital Materno Infantil da Lunda Sul

Published

on

O Hospital Materno Infantil da Lunda Sul ficou totalmente inundado, em consequência da chuva que caiu esta terça-feira, na cidade de Saurimo, tendo afectado mais de 60 pacientes internados.

O Banco de Urgência, salas de internamentos e de espera, farmácia, entre outras dependências, não foram poupados pelas enxurradas.

De acordo com o porta-voz dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros de Saurimo, inspector-chefe Jonas Garcia, a falta de um canal de passagem de água para a vala de drenagem, agudizou a situação.

O inspector-chefe Jonas Garcia fez saber que, neste momento, não há necessidade da transferência de pacientes, pelo que a solução passa pela melhoria do sistema de drenagem das águas para os canais apropriados.

A chuva provocou ainda a morte de um cidadão de 30 anos de idade, que desapareceu na vala de drenagem do bairro Txizainga, onde as buscas continuam para encontrar o corpo. O oficial falou ainda de um elevado número de residências inundadas e destruídas.

Chuvas no Huambo 

Cerca de 64 famílias no município do Chinjenje, província do Huambo, estão ao relento devido as chuvas que caíram na noute desta segunda-feira, 11, que levou a destruição de várias casas na comuna da Chiyaka.

A informação foi prestada à imprensa esta terça-feira, 12, pelo administrador da comuna da Chiyaka, Maurício Domingos, que disse se tratar 64 casas de construção precária, uma escola primária e um templo da Igreja Adventista do Sétimo Dia, porém sem qualquer vítima humanas.

Este no entanto é o segundo caso em menos de dois meses que se regista na província do Huambo, depois de 48 famílias do município da Ecunha, terem sido desalojadas, em Fevereiro último, igualmente, pelas chuvas acompanhadas de rajadas de vento.