Connect with us

Sociedade

Chuvas causam oito mortes nas últimas 72 horas

Published

on

Um total de oito pessoas morreram e há vários feridos em todo o país vitimas das chuvas que caíram nas últimas 72 horas em várias províncias. De acordo com o INAMET vai continuar a chover com força nas províncias de Luanda, Bengo, Kwanza Norte, Uíge e Malanje.

Diversas zonas registam inundações de residências assim como de infra-estruturas públicas e privadas. Na província do Bengo, por exemplo, mais de 100 campos agrícolas estão inundados e várias famílias ficaram sem as suas casas.

Já a província de Cabinda foi a que registou o maior número de óbitos (quatro), em consequência das chuvas fortes deste domingo, Seguem-se as províncias da Huíla e Lunda Sul, com duas vítimas cada.

Em consequência das fortes chuvas, a província de Cabinda ficou privada do fornecimento de energia eléctrica. Sabe-se que a emissora provincial da Rádio Nacional de Angola está sem emissão e o voo da TAAG com destino a Luanda, previsto para este domingo, foi cancelado por conta do mau tempo.

De acordo com o porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, face às chuvas intensas no país, as pessoas devem refugiar-se em locais seguros para evitarem o pior nesta época.

Félix Domingos fez saber que os trabalhos de levantamento das consequências das chuvas ainda decorrem, por via das comissões provinciais de protecção civil, considerando existirem relatos de pessoas desaparecidas.

Colunistas