Connect with us

Sociedade

Chuva deixa quase mil pessoas ao relento em Cangandala

Published

on

Mais de cem casas em Cangandala, província de Malanje, ficaram destruídas, em consequência das chuvas que caíram nos últimos dias na aldeia de Utende, deixando ao relento perto de mil pessoas.

Por conta deste fenómeno, mais de cem crianças abandonaram as aulas, devido a falta de materiais didácticos e vestuários.

O vice-governador de Malanje para o sector Político, Social e Económico, Franco Mufinda, constatou as condições a que estão submetidos os agregados afectados.

Chuvas na Huíla 

Cerca de duas pessoas perderam a vida, na noite desta sexta-feira, em consequência de uma descarga atmosférica causada pelas chuvas fortes que caem um pouco por todo o território da província da Huíla.

Os dados foram avançados pela porta-voz do Comando Provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, durante a apresentação do balanço da situação operativa dos últimos sete dias.

Teresa Abel disse que as duas mortes ocorreram nos municípios da Humpata e Caconda, tendo sido vítima uma cidadã de 65 anos de idade, que encontrava-se abrigada das chuvas no interior da sua residência.

Já o segundo, registou-se na Comuna do Cusse, tendo atingido mortalmente uma menor de 16 anos de idade, quando a mesma encontrava-se na sua residência com os seus progenitores.