Connect with us

Mundo

Christine Lagarde é indicada para presidir o Banco Central Europeu

A francesa foi nomeada como candidata a substituir Mario Draghi na presidência da instituição a partir de novembro

Published

on

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, anunciou nesta terça-feira (2) os nomes escolhidos pelos chefes de governo e de Estado da União Europeia (UE) para os principais cargos de chefia das instituições do bloco.

A francesa Christine Lagarde, hoje diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), foi nomeada como candidata a substituir Mario Draghi na presidência do Banco Central Europeu a partir de novembro.

A ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, da mesma União Democrata-Cristã (CDU, na sigla em alemão) da chanceler Angela Merkel, foi proposta como candidata à presidência da Comissão Europeia, o braço Executivo da UE.

Já o primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel, foi eleito como o novo presidente do Conselho Europeu, justamente o órgão que reúne os líderes dos 28 Estados-membros do bloco.

Para o comando da diplomacia da UE foi nomeado o ministro das Assuntos Exteriores da Espanha, Josep Borrell Fontenelles, na figura de candidato a alto representante para Assuntos Exteriores e Política de Segurança.

Saída estratégica

Após o anúncio de sua nomeação, Lagarde afirmou que decidiu se afastar temporariamente das responsabilidades no comando do FMI durante o período de nomeação.

“Estou honrada por ter sido nomeada à presidência do BCE”, escreveu a francesa em sua conta no Twitter, antes de esclarecer que a decisão de se afastar do FMI foi tomada após consultas com o comitê de ética da diretoria executiva do fundo.

 

C/ Estadão

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *