Connect with us

Politica

Chivukuvuku pode ser o cabeça de lista do Bloco Democrático em 2022

A pesar de manter em segredo absoluto o nome do partido pelo qual concorrerá nas eleições gerais de 2022, fontes ligadas ao seu gabinete revelaram tratar-se de Bloco Democrático. A decisão saiu de uma reunião realizada a 9 de Fevereiro com a direcção de Justino Pinto de Andrade

Published

on

O líder dos Independentes da CASA-CE, Abel Chivukuvuk, anunciou ontem, em Luanda, que será cabeça de lista nas eleições gerais de 2022, mas não revelou por que partido. A afirmação foi feita durante a primeira reunião magna dos Independentes da CASA-CE, que contou com a presença dos secretários provinciais exonerados recentemente pela nova direcção liderada provisoriamente por André Mendes de Carvalho(Miau). No seu discurso de mais de 30 minutos, neste encontro que serviu para avaliar o presente e perspectivar o futuro da CASA-CE, fundada por si, Chivukuvuku acusou o Tribunal Constitucional de ter rompido com esta coligação por não ter reconhecido os Independentes.

“Não somos nós a rutpura. Nós é que fomos rompidos pelo Tribunal Constitucional”, sublinhou, acrescentando que, apesar desta situação, vai trabalhar para concorrer, ganhar as eleições e formar novo Governo em 2022. Disse que a CASA-CE, a qual ainda está ligada, é a grande esperança dos angolanos para proporcionar- lhes melhores condições de vida. Num discurso prudente, Abel Chivukuvuku disse estar disposto a dialogar com os partidos políticos que formam a coligação, mas chamou a atenção para forma injusta como estão a ser tratados os Independentes. “Disseram que eu não trabalho: isto não é verdade. Quando fui aos municípios no programa de 15 em 15 dias partilhando o país, onde é que estavam?”, interrogou-se. Sem entrar em muitos pormenores sobre a sua candidatura em 2022, o político disse que conta com o apoio de todos independentes para que este propósito seja alcançado, tendo-os alertado para novos desafios políticos.

Novo Bloco Democrático

Fontes próximas a Chivukuvuku confirmaram ontem a OPAÍS que ele será o cabeça de lista do Bloco Democrático, partido que continuará nesta coligação até 2021, altura em que vai desmembrar-se, transformando-se em “Novo Bloco Democrático (NBD)”, para posteriormente concorrer isolado da coligação em 2022 nas eleições gerais. A escolha de Abel Chivukuvuku para liderar o NBD, em substituição de Justino Pinto de Andrade, passa pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido na CASA-CE, com realce para a obtenção de 18 deputados, em dois pleitos eleitorais (2012-2017), segundo as fontes deste jornal.

 

Fonte: OPAIS

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *