Connect with us

Mundo

China lança inquérito sobre barreiras comerciais impostas pela UE

Published

on

A China anunciou hoje o lançamento de um inquérito formal sobre as barreiras comerciais impostas pela União Europeia às empresas chinesas, na sequência de uma série de processos instaurados por Bruxelas contra Pequim por alegadas práticas comerciais desleais.

A Comissão Europeia lançou uma série de processos contra a China nos últimos meses. Em meados de Fevereiro, abriu o seu primeiro inquérito ao abrigo das novas regras antisubvenções contra uma filial do construtor ferroviário chinês CRRC, o líder mundial do sector.

Este grupo estatal, que concorria ao fornecimento de comboios elétricos à Bulgária, acabou por se retirar do concurso no final de março.

No final de Abril, a Comissão abriu também uma investigação sobre os contratos públicos chineses relativos a dispositivos médicos, suspeitando de práticas “discriminatórias”. Foram lançadas outras investigações sobre o fabrico de automóveis e a energia eólica.

No início de Julho, a UE impôs até 38% de taxas alfandegárias adicionais sobre as importações de automóveis elétricos chineses, uma decisão que poderá tornar-se definitiva em Novembro. Bruxelas acusa Pequim de favorecer ilegalmente os seus fabricantes através de subsídios.