Connect with us

Economia

China foi o maior destino do petróleo de Angola em 2021

Published

on

O país exportou no ano de 2021 cerca de 340 bilhões de Petróleo, para diversos pontos do mundo, sendo a China o maior destino, com 71,51%% do produto, seguido da Índia (7,02%) e da Tailândia com 3,47%, de todas as exportações do sector petrolífero.

Além da China, Índia e da Tailândia, as exportações do petróleo saído de Angola se destinaram também a outros 20 destinos, sendo a África do Sul, o único país de África presente na lista.

A Singapura (2,17%), a Itália (2,14%), a Chile (1,90%), a África do Sul (1,70), o Canadá (1,45%), a Indonésia (1,43%), Uruguai (1,20%), os EUA (1,44%), a Espanha (0,70%), a França 0,49%), os EAU (0,48%), a Taiwan (0,47%), a Holanda (0,47%), a Malásia (0,46%), o Israel (0,24%), Gilbraltar (0,25%), o Japão (0,24%) e a Coreia do Sul (0,24%) também importaram de Petróleo.

Em termos de receitas, essas exportações permitiram arrecadar um total de 27.874.668.489,53 de dólares que, entretanto, representa um aumento na ordem dos 52,35%, quando comparados com os 18.296.541.436,23 de dólares arrecadados em 2020.

No primeiro trimestre de 2021 Angola exportou 98.587.063,00 Barris, através dos quais arrecadou 6.080.332.397,26 Dólares americanos. Já no segundo trimestre as exportações estiveram a volta dos 97.998.391,00. O volume de receitas registados nos meses de Abril, Maio e Junho foram de 6.725.106.067,58 Dólares.

O terceiro trimestre de 2021 foram exportados de Angola 98.671.795,00 barrís, o que representou a arrecadação de 7.243.399 435,88 dólares americanos. Nos meses de Outubro, Novembro e Dezembro o Estado angolano arrecadou 7.825.830.588,82 dólares americanos, com a exportação de 98.964.974,00 barrís.

As companhias responsáveis pelas exportações de 98.587.063,00 Barris foram a Agência Nacional de Petróleo e Gás com 24,53% e a Sonangol com 17,69%, sendo as maiores. Quanto às companhias internacionais, destacam-se a Total Energies (13,09%), a Esso (9,09%), a BP (7,70%), a Chevron e a SSI com (7,10%) e (7,08%), respectivamente.

A ESSO (9,09%), a BP (7,70%), a Chevron (7,10%), a ENI (6,47%), a Equinor (5,28%), e Galp (1,16%) estão também na lista das companhias que contribuíram para o volume de Petróleo exportado em 2021, por Angola.

Os dados foram apresentados em Luanda, pelo Secretário de Estado dos Petróleos, José Barroso, quando falava na cerimónia que visou balancear o ano de 2021.

Colunistas