Connect with us

Mundo

“China é capaz de substituir Ocidente na Rússia em até 90%”

Published

on

A China é capaz de substituir o Ocidente na Rússia em até 90%, declarou o presidente da União Russo-Asiática de Indústrias e Empresários, Vitaly Mankevich.

“Não esqueçamos que a China hoje é a segunda maior economia no mundo. Praticamente tudo é produzido no país, desde a mais ampla gama de equipamentos, máquinas, automóveis, guindastes até todos os tipos de produtos de alta tecnologia”, disse ao site Sputnik, concluindo que “considerando isso, a China, acho, é capaz de substituir o Ocidente para nós de 80 a 90 por cento”.

O presidente da União Russo-Asiática de Indústrias e Empresários fez tal afirmação tendo em conta que à medida que a China remove as restrições da COVID-19, os contactos entre os empresários de ambos países aumentarão.

“Posso revelar um segredo: as actividades vão se acentuar especialmente nesta primavera [no Hemisfério Norte], com muitos eventos comerciais conjuntos previstos para Março ou Abril”, destacou Mankevich.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.