Connect with us

Sociedade

Cerca de 30 pacientes abandonam diariamente tratamento de fisioterapia no hospital do Lubango

Published

on

Cerca de 30 pacientes abandonam diariamente o tratamento na área de fisioterapia do Hospital Central Dr António Agostinho Neto, no Lubango. A falta de apoio familiar e de meios rolantes bem como financeiros são apontados como as principais causas da desistência dos utentes a este serviço.

A informação foi avançada hoje em exclusivo ao Correio da Kianda pelo chefe de serviço de Fisioterapia da maior unidade hospitalar da região sul, Pedro Amade.

O responsável fala, por outro lado, da intensão de melhoria dos serviços prestados com a colocação de uma piscina de hidroterapia e contratação de mais técnicos para dar resposta a demanda.

A área de Fisioterapia do Hospital Central Dr António Agostinho Neto, do Lubango, atendeu de Janeiro até hoje, cerca de 1365 pacientes, realizou 702 consultas e 18 784 tratamentos.