Connect with us

Sociedade

Censo 2024: INE realiza registo piloto em sete províncias este ano

Published

on

O Instituto Nacional de Estatística (INE) vai realizar, a 19 de Julho deste ano, o registo piloto do Censo da população e habitação de 2024, em sete províncias, nomeadamente Luanda, Uíge, Bengo, Lunda Norte, Bié, Cunene e Cuando Cubango.

Para esta primeira fase, o processo consiste na avaliação das capacidades do INE para realizar a operação efectiva em 2024, igualmente, a 19 de Julho, informou o director-geral adjunto do órgão, Hernany Luís, durante auscultação pública sobre o “questionário do Censo 2024” com as embaixadas e Organizações Não-Governamentais (ONG).

Angola prevê recensear, durante o Censo 2024, 34 milhões de habitantes em todo país. Neste momento está a decorrer o processo de incorporação de colaboradores, cartógrafos e motoristas na estrutura do instituto a fim de assegurar o Censo no próximo ano, de modo a ser mais extensivo e eficiente em todo território nacional.

O também porta-voz da Comissão Multissectorial para o Censo 2024, explicou ainda que as inscrições estão a ser feitas via online e prevê integrar no processo 500 cartógrafos.

Em 2014, Angola realizou o seu primeiro Recenseamento Geral da População e Habitação, em que o registo estimou 25 789 24 de pessoas, dos quais 6 945 386 habitam em Luanda.

Deste universo populacional, 12 499 041 são homens e 13 289 983 mulheres, sendo Luanda, Benguela, Huambo, Huíla, Cuanza Sul, Uíge e Bié as províncias consideradas mais populosas de Angola na ocasião.