Connect with us

Sociedade

Catoca: 1.600 trabalhadores confinados após registo de casos positivos

Redação

Published

on

A Sociedade Mineira de Catoca, em Saurimo, província da Lunda Sul, está sob cerca sanitária, devido ao registo de três casos, ainda por confirmar, de covid-19.

A informação foi avançada, nesta segunda-feira, à imprensa, pelo  coordenador adjunto da Comissão Provincial de Resposta à Covid-19 na Lunda Sul, Viegas de Almeida.

Conforme o responsável, aguardam pela confirmação dos resultados de 81 cidadãos, entre os quais  funcionários da Sociedade Mineira de Catotoca e pessoas singulares, provenientes de Luanda.

Viegas de Almeida informou que a empresa estará com cerca sanitária por um período indeterminado.

De acordo com Viegas de Almeida, a comissão fará a colecta das amostras dos 1.600 trabalhadores confinados na mina, para serem enviadas a Luanda para  exames no laboratório central.

No âmbito da prevenção e combate, adiantou que a comissão continua a trabalhar na sensibilização da população para o reforço das medidas (uso das máscaras faciais, distanciamento e o uso do álcool em gel).

A província da Lunda Sul tem, até ao momento, o registo de um caso de covid-19. Conta com 327 camas para atender os casos do coronavírus.

Covid-19 em Angola 

3.339 infectados
136 óbitos
1324 recuperados
1.979 activos

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD