Connect with us

Sociedade

Caso Roxane: Tribunal do Lubango condena esposo a 26 anos de prisão por homicídio 

Published

on

Um caso que abalou a sociedade huilana, em 2021, quando um cidadão de nacionalidade portuguesa matou à tiro a sua esposa por alegada traição. Nesta segunda, 20, o Tribunal de Comarca do Lubango, depois de reunir as provas, condenou Walter Raposeiro, de 65 anos, a 26 anos de prisão efectiva, pelo crime de homicídio qualificado contra à sua mulher, Roxane Pestana.

Ao ler a sentença, o juíz Gerardo Ukuma, disse o que cidadão Walter, matou a sua esposa a tiro à meia noite do dia 25 de Setembro de 2021, a 200 metros da sua residência, no Lubango, tendo de seguida manipulado a cena do crime para forjar um suicídio.

Entretanto, a família de Roxane falando à imprensa, afirmou estarem satisfeitos com a sentença aplicada pois demonstra que de facto “em Angola a justiça funciona e mesmo que isso não se traduz na volta da nossa irmã ao menos estamos cientes que a justiça foi feita”.

Já o advogado do réu, André de Jesus afirmou não estar satisfeito com a sentença lida, todavia vai interpor recurso junto do Tribunal de Relação do Lubango, para tentar atenuar a pena.