Connect with us

País

Caso Manuel Vicente: Passos Coelho teme “que haja degradação da relação” entre Portugal e Angola

Published

on

 

O líder do PSD maior partido da oposição em Portugal, manifestou-se preocupado com uma eventual “degradação da relação bilateral” entre Portugal e Angola devido ao caso que envolve o vice-Presidente Manuel Domingos Vicente e sublinhou que Governo e tribunais “são coisas separadas”.

“Preocupa-me que haja do ponto de vista oficial a assunção por parte do Governo de Angola de que pode haver prejuízo para as relações bilaterais entre os dois Governos o facto de ter havido notícia de que o vice-presidente de Angola poderia estar arguido num processo de corrupção ativa”, disse Pedro Passos Coelho.

O líder dos sociais-democratas Portugueses disse que não lhe cabe “fazer juízos sobre a circunstância de base”, ou seja, sobre se o vice-Presidente de Angola “ou não arguido”, porque “isso cabe à justiça”, e sublinhou a sua preocupação com as consequências deste caso.

“Preocupa-me que haja uma degradação da relação bilateral. Espero que não haja por parte do Governo de Angola nenhuma confusão quanto à separação de poderes que existe em Portugal. Os governos não respondem pelos tribunais e os tribunais não respondem por aquilo que os governos fazem. São coisas separadas”, disse o presidente do PSD.

Pedro Passos Coelho que foi convidado a comentar sobre esta matéria quando falava no Porto, à margem de uma visita à Essência do Vinho, disse esperar que “a relação entre os dois países não fosse afetada por aquilo que se passa na espera judicial”.

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas