Connect with us

Sociedade

Caso IURD: mais de 30 pastores brasileiros foram deportados ontem

Published

on

IURD

De acordo com a informação enviada por um obreiro da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, ao Correio da Kianda, mais de trinta pastores da ala brasileira foram deportados na noite desta terça-feira, 11, para o Brasil, num voo agendado para as 21h.

De acordo com a nossa fonte, a missão da exportação esteve encarregue ao Serviço de Migração e Estrangeiros (SME).

O obreiro acompanhou os mesmos até o Aeroporto 4 de Fevereiro, de onde partiram para a “terra do Samba”.

Os problemas na IURD em Angola arrastam-se desde Novembro de 2020, quando um grupo de pastores angolanos se afastou da direcção brasileira.

As tensões agudizaram-se em Junho, com a tomada de templos pela ala reformista, entretanto constituída numa Comissão de Reforma. duas partes têm trocado acusações sobre a prática de actos ilícitos.

O conflito deu origem à abertura de processos-crime na PGR.

A IURD retomou em Março último os cultos em Angola, com excepção, após um ano de fecho por causa da pandemia de Covid-19, primeiro, e do conflito interno, depois.

Os templos da IURD estavam encerrados desde Setembro de 2020, na sequência de investigações das autoridades judiciais angolanas aos supostos crimes cometidos por bispos e pastores da antiga direcção.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (24)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (22)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania