Connect with us

Sociedade

Caso IURD: “Ala brasileira” pondera responsabilizar criminalmente advogado David Mendes por difamação e calúnia

Published

on

A informação foi avançada na noite deste sábado, 16, pelo bispo da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Alberto Segunda, da ´Ala brasileira´, que reagiu às provocações do advogado e deputado à Assembleia Nacional, Manuel David Mendes, na sexta-feira, 15, na Televisão Pública de Angola (TPA) acusando os pastores desta denominação religiosa e, em particular ao bispo Alberto Segunda, de ter ligações com partidos na oposição.

O presbítero Alberto Segunda realçou que os pronunciamentos do causídico da considerada ´ala angolana´da Igreja Universal do Reino de Deus, reconhecida pelo Instituto Nacional dos Assuntos Religiosos (INAR) como os legítimos responsáveis da IURD em Angola, foi infeliz e eivada de calúnia e difamação contra si e contra os mais de 500 mil fieis da universal no país.

“Foi com grande consternação e tristeza que tomei nota das declarações do deputado David Mendes contra mim, na TPA, passando afirmações levianas e irresponsáveis a meu respeito usando o espaço publico promovendo ataques”, comentou.

O religioso disse ainda que nos últimos dias o parlamentar tem sido infeliz nas suas declarações públicas. Alberto Segunda deu a conhecer que não tem ligação com qualquer partido, e que seu único partido é  o “Evangelho de Cristo”, pregado e ganhar almas. Lamentou, por outro lado, a onda de desinformação e “tentativa de assassinato” do seu “caráter e reputação por um cidadão que jurou defender interesses do povo”.

Alberto Segunda sublinhou que vai usar todos os mecanismos possíveis para responsabilizar civil e criminalmente o deputado David Mendes. “Iremos utilizar todos os mecanismo possíveis a fim de responsabilizá-lo por tais falsas informações, augurando que a justiça seja feita”.

De recordar é a segunda vez em menos de três dias que advogado e deputado David Mendes é repudiado pelos seus comentários em espaços públicos, depois de o povo do Cunene, através do MOVIJOVEM, condenou os recentes pronunciamentos do parlamentar por se ter referido à população daquela região sul do país como não sendo civilizada.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *