Connect with us

Diversos

Caso 17 milhões : David Mendes reafirma” defesa” a favor do Presidente da Assembleia Nacional

Published

on

Alvo de críticas por parte de vários cidadãos nas redes sociais e não só, isto, depois de ter considerado como mentira, a notícia publicada pelo Jornal expansão na sua edicão da semana finda, onde revela, que “O orçamento da Assembleia Nacional para 2020 levou um corte de 4,3% para 34,1 mil milhões Kz, retirando deste modo “mordomias” dos deputados, como a abolição dos subsídios de renda ao presidente da AN, onde alegadamente Fernando da Piedade Dias dos Santos Nandó, Presidente da Assembleia Nacional, estaria a receber mensalmente 17 milhões de Kwanzas para o pagamento da renda de casa, David Mendes, deputado pela Bancada Parlamentar da UNITA, reafirmou nesta quarta-feira (15), numa entrevista feita via telefone a rádio MFM, que a notícia sobre o alegado 17 milhões de Kwanzas, não terá passado de um erro.

As declaracões de David Mendes feitas nesta terça-feira, reafirmando “defesa” ao Presidente da Assembleia Nacional, foram feitas, mesmo depois do Parlamento, em nota, reagindo sobre o caso” subsídio polêmico” ter reconhecido, ocorrido “uma gralha técnica que resultou na inserção do montante ao qual está referenciado como sendo subsídio de renda de casa, quando deveria ser serviços de manutenção e de conservação” uma nota onde ainda esclarece, que a Assembleia Nacional “nunca procedeu ao pagamento mensal de 17 milhões de kwanzas” ao seu presidente.

O também conhecido como advogado do Povo, disse ser uma pessoa honesta e de rigor, pelo que, jamais aceitaria ser instrumentalizado.

“ Não se pode aproveitar um periodo deste em que as pessoas estão a passar fome e stresse, lançar um orgão de soberania contra a sociedade, ou o inverso. Disse David Mendes, acrescentando que, a “ Gralha” em nota referenciada pelo parlamento, não significar aceitacão da notícia. “ Gralha não significa verdade, gralha significa um erro. Disse!

Questionado ser ou não verdade a notícia avançada pelo Jornal Expansão, em relacão ao polêmico subsídio, o Deputado independete da UNITA, respondeu, desafiando os seus colegas com assento parlamentar, virem a público provar.

“ Todos nós os deputados sabemos que é mentira, e eu gostaria de ouvir um deputado a dizer que é verdade, porque todos nós sabemos que é mentira.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas