Conecte-se agora

Partidos Politicos

Candidatos à liderança da JMPLA em Luanda apresentam as suas ideias

Redação

Publicados

on

- WILSON JMPLA - Candidatos à liderança da JMPLA em Luanda apresentam as suas ideias

Hemingarda João Fernandes, Wilson Jacinto Fernandes Morais e Pedro António Maloa são adversários na corrida à liderança da Juventude do MPLA em Luanda.

Hemingarda, Wilson e Maloa já estão no final da caminhada que levará apenas um deles à primeiro secretario da JMPLA em Luanda, na eleição que irá decorrer durante a Assembleia de balanço e renovação de Mandato agendada para o dia 14 de Setembro próximo.

Nos últimas dias têm andado em campanha a apresentar as suas ideias e moções para tentarem convencer os jovens das suas capacidades de liderança. O Correio da Kianda  falou com Wilson Morais, e promete trazer os outros dois candidatos nas próximas edições.

Wilson Jacinto Fernandes Morais, é actualmente primeiro secretario da JMPLA de Belas, em Luanda, tem 33 anos de idade, e é filho de Augusto António Morais e de Manuela Jacinto Fernandes Morais, e casado com Jesuína Morais.

Bacharel em Gestão de Autarquias pela Universidade de Belas, em Luanda, consta do seu curricular politico, o cargo de secretário para a informação e propaganda do comitê municipal do MPLA no Município de Belas, foi coordenador da brigadade Prevenção e Sinistralidade Rodoviária ao nivel da Provincia de Luanda , Secretário para as Brigada Sociais do Comité Municipal da JMPLA de Belas.

Como avalias o seu trabalho como primeiro secretario da JMPLA no município de Belas, cargo que pode deixar, caso seja eleito primeiro secretario provincial?

Avalio de forma positiva, hoje em dia a JMPLA do Município de Belas é sólida, Coesa, uma referência na Província de Luanda

Pela primeira vez existe multiplas candidaturas a liderança da JMPLA. O que acha?

Isso só mostra que na JMPLA há democracia e que está alinhada com os princípios vigente no nosso Estatuto

Indique tres medidas que considera cruciais, para juventude e que os politicos podem ajudar a resolver?

Temos a plena consciência dos desafios que teremos pela frente, mas a nossa confiança para supera-lós passa pela nossa união de esforços em parceria com a sociedade civil organizada, que fará a diferença nos momentos e desafios cruciais que formos chamados a intervir, porque juntos faremos da JMPLA de Luanda, o porto seguro da juventude.

O que o distingue dos seus adversário?

Obviamente que somos diferentes e temos percursos diferentes. O meu conhecimento profundo sobre organização, e não ser um dirigente de gabinete.

E por outro, é de estarmos a levar a cabo uma campanha sem ataques aos meus adversários, apesar de eles não fazerem o mesmo, porque a  nossa atenção está em apresentar propostas e a nossa visão do futuro para a JMPLA em Luanda.

Caso seja eleito primeiro secretário no dia 14, que JMPLA teremos em Luanda?

Teremos uma JMPLA mais dinâmica, inclusiva, aberta ao diálogo e justa. Ou seja, uma JMPLA não só para militantes mas para toda a juventude de Luanda.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (281)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (17)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (68)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação