Connect with us

Sociedade

Calemas deixam mais de cem pessoas desalojadas em Cabinda

Published

on

As fortes calemas que ocorreram na madrugada desta terça-feira, 19, em Cabinda, deixaram desalojadas mais de cem pessoas que residem na orla marítima da Praia do Girassol.

Em declarações à Rádio Correio da Kianda, a população pede a intervenção do Governo: “quando acordamos foi uma cena muito triste, a partir das três horas já não consegui ter sono, a casa da minha mãe e de alguns vizinhos também caíram, as autoridades devem vir o mais rápido possível para resolver esta situação. Há casas partidas, há famílias que estão ao relento, é muito triste, estamos a pedir auxílio ao Governo”.

Por sua vez, os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros locais falam do número de residências destruídas.

“O posto do comando recepcionou a chamada do grito de socorro das populações residentes ao longo da orla marítima da praia do Girassol, a dar conta das fortes calemas que se registaram resultantes da agitação marítima que a costa litoral da província de Cabinda registou nas últimas 24h. No local do incidente foi possível fazer uma avalização minuciosa daquilo que foram os danos causados pelas calemas. Dados provisórios afectaram um total de 23 residências, destas, 15 ficaram inundadas, uma residência ficou totalmente destruída, e quatro ficaram abandonadas, num universo de 115 pessoas afectadas”, relataram.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.