Connect with us

Educação Financeira

Cacimbo – tempo de frio. Como conviver com o frio e poupar?

Published

on

De Maio a Agosto de cada ano em Angola vive-se um tempo chamado de “cacimbo”. Um tempo seco, sem chuva, e em que as temperaturas sofrem uma descida de vários graus centígrados, entre os 5 a 15 graus dependendo da região do país.

As pessoas para se protegerem do frio têm, necessariamente, que usar roupas quentes, como casacos, botas, luvas, etc. Sim é verdade, aqui faz frio e no centro e sul de Angola mais ainda do que em Luanda e noutras províncias do norte.

O gasto e uso de casacos, cremes para cuidar da pele é obrigatório e faz melhor à saúde e à «carteira» das populações. Comprar medicação para tratar constipações, gripes, pneumonias e lesões na pele, apenas para fazer uma abordagem muito resumida.

Como (quase) sempre, as boas soluções passam pelo planeamento.

Eis alguma dicas para se proteger e proteger as suas finanças:

1- Tire do seu guarda-roupa aquela roupa que geralmente usa apenas no cacimbo. Veja se lhe serve e está em boas condições;

2- Cobertores, colchas para colocar na cama e enquanto está no cadeirão/sofá ajuda a manter a temperatura do seu corpo;

3- Evite fazer pequenas fogueiras em casa. Saiba que pode morrer de monóxido de carbono. Este gás não tem cheiro (inodoro) e entrando nas vias respiratórias e sem portas e janelas abertas leva ao adormecimento do corpo, desmaio e até à morte;

4- Por todas as razões, de saúde e económicas, não deixe os aparelhos de ar condicionado ligados e quando chega a esses espaços, sofrer de uma abrupta diferença de temperatura, de onde vem e na qual entra e está muito frio.

5- Se tem um emprego que envolve estar na rua como os seguranças/operativos, porteiros, etc, saiba que tem que redobrar os cuidados. Até as orelhas, o nariz, as pontas dos dedos dos pés (com o uso de chinelas piora) e das mãos sofrem com o cair da noite, o frio e o orvalho da noite a instalar-se;

6- Aos primeiros sinais de espirros, tosse, tome chá de limão com mel (de preferência). As «mezinhas» (medicamentos naturais) são ancestrais e funcionam. Ao deitar na cama, tome leite quente com mel. Esse calor vai entrar e fazer «milagres». Se a situação piorar, consulte o seu médico;

7- Se tem corrimento nasal, use lenços de pano/de bolso. Saem mais baratos e são laváveis. Poupe aqui também dinheiro e anda higienizado;

8- Evite bebidas geladas;

9- Tomar banho com água fria, se for controlada no tempo que toma banho com água fria, ela ajuda a curar constipações.

10- Por fim, não por que não hajam mais conselhos, mas fico-me por aqui: evite tomar banhos quentes, demorados (gasta mais água e factura da EPAL um dia terá que ser paga), e depois ir para um ambiente frio no seu quarto/sala de estar. É um autêntico veneno.

Estamos praticamente no meio para o fim do cacimbo (escrevo o artigo a 12 de Julho de 2022), pelo que há ainda tempo para convivermos com o frio. Há quem goste, quem ame, quem odeie, mas temos que passar e passar com aprovação, ficando sempre bem de saúde para aproveitar outros tempos, com mais calor e ainda mais alegria.

Votos de um bom cacimbo.

Casacos e cremes ajudam angolanos a combater o frio do cacimbo que começa hoje

Cuidados com a pele e aquisição de roupas adequadas para fazer face à época de frio são algumas das preocupações dos angolanos nos últimos dias, tendo em conta o início, hoje, do período do cacimbo no país.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *