Conecte-se agora

Politica

Cabo Verde espera reabertura da Rota Praia-Luanda ainda este ano

A situação das ligações aéreas entre Cabo Verde e Angola vai ser resolvida, estando as duas companhias de bandeira a negociar o desenvolvimento de estudos para a implementação de uma parceria estratégica para a exploração conjunta dos destinos, disse ontem o primeiro-ministro de Cabo verde, Ulisses Correia e Silva, durante um encontro com a comunidade cabo-verdiana em Angola..

Redação

Publicados

on

cabo verde espera reabertura da rota praia-luanda ainda este ano - taag 1000x600 - Cabo Verde espera reabertura da Rota Praia-Luanda ainda este ano

“Já há negociações com a TAAG para, em parceria, conseguirmos desenvolver a possibilidade de transportes aéreos regulares de Luanda para cabo Verde, mas num conceito de hub. Temos que criar condições para que os aviões não cheguem a Cabo Verde com 20 ou 30 passageiros, porque não rentabiliza o negócio. Nós vamos trabalhar em conjunto para que passageiros, a partir de Angola, possam chegar a ilha do Sal ou à Praia e serem depois distribuídos para outros destinos”, explica.

O chefe do Governo diz que o processo deve ser rentável tanto para a TACV como para os Transportes Aéreos Angolanos. Ulisses Correia e Silva acredita que as operações comecem a ser realizadas ainda este ano.

“É nesse sentido que queremos trabalhar, para que de facto tenhamos sustentabilidade nas linhas aéreas. Porque isso não se faz apenas com vontade, faz-se também com negócio porque tem que rentabilizar a companhia aérea e rentabilizar também a relação que nós vamos desenvolver com a TAAG. O processo verbal que vai ser assinada amanhã [30 de Abril] com o Governo angolano já prevê esta possibilidade”, afirma.

“Estamos em crer que ainda durante o ano de 2018 possamos operacionalizar em conjunto Cabo Verde e Angola, TACV e TAAG, este conceito em que as duas companhias ganham”, garante.

Os voos entre Cabo Verde e Angola foram suspensos pela companhia área angolana em Novembro de 2016 por ser deficitária, com uma taxa de ocupação inferior a 50 por cento.

Ulisses Correia e Silva está em Angola, numa visita que começou no sábado. Na agenda, vários encontros bilaterais com as autoridades angolanas e reuniões com empresários.

 

C/ EI

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (268)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (17)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (65)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação