Connect with us

Politica

Brasil convida presidente angolano para visita de Estado ao país

Published

on

O embaixador do Brasil em Luanda admite a reabertura da linha de crédito que o seu país mantinha direcionada para Angola, fechada no âmbito dos escândalos de corrupção investigados pela Lava Jato, e confirma convite de Brasília ao presidente João Lourenço para visitar de Estado em 2018.

Paulino Neto disse, em declarações ao estatal Jornal de Angola, citado pelo Novo Jornal, que as autoridades brasileiras já fizeram o convite formal, através do Ministério das Relações Exteriores, para que o Presidente João Lourenço vá de visita de Estado ao Brasil, mas adiantou que, apesar de a expectativa para resposta ser positiva, ainda não houve reação oficial do governo angolano.

Embora sublinhando que ainda não existem garantias de que a linha de crédito, que permitiu a Angola contar com um grande volume de obras realizadas por empresas brasileiras, nomeadamente a Odebrecht, a que foi mais atingida pelo processo “Lava Jato”, possa ser efetivamente reativada em 2018, e a aquisição de uma vasta gama de produtos brasileiros, o embaixador Paulino Neto mostrou-se otimista para o desfecho.

A cooperação entre Angola e Brasil e nomeadamente o financiamento e linhas de crédito têm por base um acordo geral assinado pelo ex-presidente José Eduardo dos Santos em 1980.

Luanda procura reativar financiamentos brasileiros. O ministro da Agricultura e Florestas angolano iniciou na última terça-feira uma visita ao Brasil para  negociar uma linha de crédito para investimentos na agro-pecuária

Colunistas