Connect with us

Mundo

Brasil: Bolsonaro manda manifestantes desbloquearem estradas 

Published

on

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, ordenou aos seus apoiantes que desobstruam as centenas de estradas brasileiras, bloqueadas desde segunda-feira, 31, numa onda de protestos contra os resultados eleitorais, que garantiram a vitória de Lula da Silva.

“Desobstrua as rodovias. Isso não faz parte de manifestações legítimas. Não vamos perder a nossa legitimidade […]. E deixo claro: vocês estão a manifestar-se espontaneamente”, ordenou.

Num vídeo partilhado a instantes no seu Twitter, Bolsonaro disse que sabe que os seus apoiantes “estão chateados, tristes e esperavam outra coisa”, e que ele “também esperava outra coisa”, mas solicitou: “vamos ter a cabeça no lugar”.

O chefe do Executivo brasileiro, que reagiu aos resultados eleitorais há pouco mais de 24 horas, voltou a repetir que “durante os anos em que esteve no poder sempre respeitou a Lei, e que manifestações podem acontecer”, contudo, “o fechamento de rodovias por todo o Brasil prejudica o direito das pessoas de ir e vir das pessoas. Está na nossa Constituição, sempre estivemos dentro dessas quatro linhas […]. Além de que prejudica a nossa economia”,  referiu no vídeo.

“Protestem de outra forma, noutros locais, isso é bem-vindo”, solicitou.

Assista ao vídeo abaixo

 

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Colunistas