Connect with us

Economia

BPC recebeu AKZ 750 mil milhões de recapitalização

Published

on

O Banco de Poupança e Crédito (BPC), de 2020 até ao momento, recebeu um total de 750 mil milhões de Kwanzas, do Estado angolano, no âmbito do programa de Recapitalização do governo.

A informação foi revelada pelo director de Marketing daquele banco comercial público, José Matoso, quando intervinha nesta terça-feira, 7, no programa “Azimute” da Rádio Nacional de Angola, que abordou o tema a Recapitalização das empresas do sector público empresarial.

Segundo José Matoso, o global desse valor foi adquiridos desde o início do programa em 2020.

Realçou ainda a situação do crédito mal parado, a restruturação dos títulos da carteira do banco e a optimização das participações financeiras como os principais desafios vencidos pelo actual Conselho de Administração do BPC, além da optimização dos custos operacionais, como um dos pilares.

“Tivemos de fazer aqui, tomar algumas medidas – todas elas de fórum público – para ’emagrecer’ o banco. Estamos a falar da redução do número de unidades comerciais, de unidades de negócios, da optimização do quadro de capital humano[…] mesmo dentro do banco tivemos uma estrutura orgânica, diminuindo o número de direcções, diminutos também aquilo que são os custos de arrendamento e contratação de serviços e a não renovação de muitos contratos”, disse.

Aquele responsável avançou ainda que uma das formas usadas para a Recapitalização é por meio de títulos de tesouros.

Esta Recapitalização do BPC, acrescentou, está enquadrada no programa de reformas no sector.

Questionado sobre a actual situação financeira do banco e a sua capacidade de atender aos desafios do mercado, José Matoso garantiu que o BPC está a registar melhorias, tanto na sua situação financeira como na sua capacidade de conceder créditos a clientes particulares.

Colunistas