Connect with us

Mundo

Bolsonaro quer escolas reabertas: “Não adianta acobardar e ficar em casa”

Published

on

Presidente brasileiro disse, ainda, ter trocado de ministro da Saúde porque é preciso “começar a abrir para voltar à normalidade”.

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu, esta sexta-feira, que as escolas do país devem ser reabertas, após terem sido encerradas por vários governadores como forma de minimizar a propagação da pandemia do novo coronavírus.

Em conferência de imprensa  realizada no Palácio da Alvorada, em Brasília, o responsável político disse ver a escassez de casos confirmados em crianças como motivo mais do que suficiente para que as aulas sejam retomadas.

“Temos de enfrentar a chuva. Temos de enfrentar o vírus. Não adianta acobardar, ficar dentro de casa. Nós sabemos que a vida é uma só”, começou por dizer Jair Bolsonaro, em declarações reproduzidas pela estação televisiva brasileira Globo.

“Nós sabemos que os pais estão preocupados que os filhos voltem à escola, mas têm de voltar à escola. Nós não temos nenhuma notícia de alguém abaixo dos dez anos de idade que tenha contraído o vírus e morrido ou ido para a unidade de cuidados intensivos”, acrescentou.

Jair Bolsonaro explicou, ainda, por que razão decidiu demitir Luiz Henrique Mandetta do cargo de ministro da Saúde e substituí-lo por Nelson Teich: “Trocámos para não continuarmos a fazer a mesma coisa. Temos que começar a abrir para voltar à normalidade”.

 

Noticias ao Minuto

Colunistas