Connect with us

Mundo

Bolsonaro nega passar faixa presidencial a Lula e viaja para os EUA

Published

on

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, embarcou em um voo, na tarde desta sexta-feira, 30, rumo aos Estados Unidos da América, segundo informações da imprensa local. Com isso, nem Bolsonaro e nem o seu vice passarão a faixa presidencial a Lula.

“Eu considero isso [o passamento da faixa presidencial] um dever e uma responsabilidade do presidente que sai. É um acto simbólico da troca de comando. O Presidente da República já sinalizou que não deve participar dessa cerimónia. Ao tomar essa decisão, não compete a mim participar, porque não sou o presidente”, explicou o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, que neste momento assume a liderança daquele país sul-americano.

Bolsonaro deverá passar a virada do ano em um resort na região de Orlando, na Flórida, e não há previsão de que regresse para a posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, neste domingo, 1 de Janeiro.

Há dois nomes cotados para passarem a faixa a Lula. O primeiro a ser considerado é o presidente da Câmara de Deputados brasileira, Arthur Lira, próximo nome na linha sucessória de comando do país depois de Mourão. Outro seria o presidente do Senado e do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco.

De acordo com o previsto na lei brasileira, o presidente do Congresso abre a sessão solene de posse e em seguida entrega ao presidente eleito e ao seu vice o termo de posse para que assinem. Na posse de Lula, a previsão, é de que Pacheco discurse logo depois de Lula.

Com agências 

João Lourenço a caminho do Brasil para participar na investidura de Lula